Traficantes atiram em garota que carregava um bebê no colo

Por: Ana Claudia Ramos Escritor da News365
Foto: Internet

Polícia 27Março2017 12 h 23min

Vídeo com imagens chocantes mostra que a crueldade dos criminosos não conhece limites

Foto: Internet
Foto: Internet

Traficantes atiram em garota que carregava um bebê no colo

Vídeo com imagens chocantes mostra que a crueldade dos criminosos não conhece limites

Polícia 27Março2017 12 h 23min

Nos tribunais de horror que existem nas comunidades dominadas pela bandidagem não há limites. Sentenças são dadas e cumpridas no meio da rua, sem qualquer tipo de pudor, como a que baleou uma garota com uma criança de colo.

Com o advento da internet e das redes sociais, agora as retaliações contra aqueles julgados como traidores do movimento ganham poder de alcance ainda maior para disseminar mais rápido o medo entre a população. Os castigos violentos são filmados e compartilhados. Faz parte da estratégia dos grupos de criminosos. A maioria deles formados por traficantes.

Um desses conteúdos que se espalhou nas redes sociais nesta semana mostra uma garota com um bebê no colo sendo castigada com dois tiros.  Aparentemente a criança tem menos de um ano e meio, pois é possível ver que está de fraldas. A vítima parece ser uma das incontáveis mães adolescentes de baixa renda.

O vídeo aparece com uma enorme confusão. Desesperada e com o filho no colo, a menina não sabe o que fazer. Os bandidos ordenam que ela coloque o pé para ser baleado. Ela obedece. Oferece o o pé direito e recebe o tiro, soltando um grito de dor. Segue com o bebê no colo, tentando se equilibrar após o ferimento.

Os bandidos querem mais sangue. À primeira vista, parece que o objetivo é atingir o outro pé. Quem assiste imagina o que acontecerá com a criança depois que ela cair no chão com os dois pés feridos.

Entre as testemunhas há uma mulher que grita desesperada em um apelo aos criminosos: “Tira a criança, tira a criança”.

Um bandido então grita que agora o alvo é a mão. Uma garota entra no meio para tentar segurar a criança. Não fica claro se ela consegue ou não pegar o menor.

A adolescente reaparece sentada no chão. Na verdade, ela foi empurrada e cai. O pé já está ensanguentado. Ela então ergue a mão direita para aguardar o castigo. Segundos depois, mais um tiro e muita gritaria. Ela solta outro gemido de dor enquanto se levanta. Parece buscar a criança. O vídeo termina depois de um minuto e dez segundos de muita violência.

ATENÇÃO, o vídeo contem imagens fortes. Assista clicando aqui.

Nos tribunais de horror que existem nas comunidades dominadas pela bandidagem não há limites. Sentenças são dadas e cumpridas no meio da rua, sem qualquer tipo de pudor, como a que baleou uma garota com uma criança de colo.

Com o advento da internet e das redes sociais, agora as retaliações contra aqueles julgados como traidores do movimento ganham poder de alcance ainda maior para disseminar mais rápido o medo entre a população. Os castigos violentos são filmados e compartilhados. Faz parte da estratégia dos grupos de criminosos. A maioria deles formados por traficantes.

Um desses conteúdos que se espalhou nas redes sociais nesta semana mostra uma garota com um bebê no colo sendo castigada com dois tiros.  Aparentemente a criança tem menos de um ano e meio, pois é possível ver que está de fraldas. A vítima parece ser uma das incontáveis mães adolescentes de baixa renda.

O vídeo aparece com uma enorme confusão. Desesperada e com o filho no colo, a menina não sabe o que fazer. Os bandidos ordenam que ela coloque o pé para ser baleado. Ela obedece. Oferece o pé direito e recebe o tiro, soltando um grito de dor. Segue com o bebê no colo, tentando se equilibrar após o ferimento.

Os bandidos querem mais sangue. À primeira vista, parece que o objetivo é atingir o outro pé. Quem assiste imagina o que acontecerá com a criança depois que ela cair no chão com os dois pés feridos.


Fontes:


Comentários

Envie seu comentário sobre essa notícia.

Conceição dias e

Só Jesus nesta hora

Helena Ladeira

Isso é q dá se meter com vagabundo.

Ana Carla

Meu Deus! São verdadeiros monstros.

João Dias

Muito triste! =/




© 2017, News 365 todos os direitos reservados.