Vídeo registra confusão entre adolescentes no meio da rua

Por: Ana Claudia Ramos Escritor da News365
Foto: Internet
Notícias 08 Maio 2017 17h 03min

Várias garotas se juntaram para cometer a agressão contra um menina que não teve chance de se defender.

Foto: Internet
Foto: Internet

Vídeo registra confusão entre adolescentes no meio da rua

Várias garotas se juntaram para cometer a agressão contra um menina que não teve chance de se defender.

Notícias 08 Maio 2017 17h 03min

Cenas lamentáveis de violência juvenil voltaram a ser destaque nas redes sociais neste fim de semana. Desta vez, a violência ocorreu entre adolescentes do sexo feminino.

A briga foi filmada por uma das garotas que perseguiam uma jovem. Não se sabe ao certo o motivo que originou a confusão, mas é nítido que a garota que apanhou estava sendo punida por algo que desagradou as demais.

Aparentemente elas estão próximo a uma escola.

De forma covarde elas aparecem correndo atrás do alvo, uma menina vestida com uma blusa branca. “Pega ela, pega ela”, gritam todas.

Uma das jovens consegue alcançar a vítima após dobrar uma esquina. A agressora, de blusa vermelha, agarra a outra pelos cabelos e começa a dar murros em sua cara. A pessoa que está filmando corre bastante para acompanhar cada desdobramento.

A vítima tenta, sem sucesso, se defender e se soltar. Mas são muitas a apoiar o ato de selvageria. Ela recebe chutes e empurrões.

Várias garotas xingam a vítima de vagabunda. “Apanha vagabunda!” grita uma delas em tom mais exaltado.

O ato foi claramente planejado, já que o objetivo era humilhar a adolescente cortando seus cabelos. Cabelos são uma das partes mais preciosas para as meninas que estão na fase da adolescênrc;ncia. Daí o motivo de em muitas cenas de violência culminarem com o corte ou a raspagem das madeixas.

“Segura ela, pega a tesoura, pega a tesoura”, ouve-se no vídeo.

A principal agressora tem trabalho, mas consegue cortar alguns pedaços do cabelo da adversária.

Em um determinado momento do vídeo é possível ver que um rapaz chega tentando convencer o grupo a parar, mas ele sequer é ouvido.

“Corta Larissa, corta Larissa”, repetem várias apoiadoras dos atos de violência.

Mais vários segundos e os gritos se repetem, em meio a novos socos e pontapés. “Corta mais, corta mais”.

Não é possível identificar o local onde as imagens foram registradas. Mas por conta do sotaque das meninas aparentemente os fatos ocorreram em alguma cidade paulista.

Impressionante é o fato de nenhum adulto ter interferido para cessar a violência, que se deu em plena luz do dia e em um bairro totalmente residencial.

Na internet, a desaprovação à atitude das garotas é total. Nos comentários dos posts onde o vídeo de quase dois minutos foi publicado a maioria especula que as jovens estão brigando por conta de “homem”.

Alguns atentam para o fato do número excessivo de meninas atacando apenas uma e classificam a atitude como “covardia” e “selvageria”.

PARA ASSISTIR O VÍDEO CLIQUE AQUI.

Cenas lamentáveis de violência juvenil voltaram a ser destaque nas redes sociais neste fim de semana. Desta vez, a violência ocorreu entre adolescentes do sexo feminino.

A briga foi filmada por uma das garotas que perseguiam uma jovem. Não se sabe ao certo o motivo que originou a confusão, mas é nítido que a garota que apanhou estava sendo punida por algo que desagradou as demais.

Aparentemente elas estão próximo a uma escola.

De forma covarde elas aparecem correndo atrás do alvo, uma menina vestida com uma blusa branca. “Pega ela, pega ela”, gritam todas.

Uma das jovens consegue alcançar a vítima após dobrar uma esquina. A agressora, de blusa vermelha, agarra a outra pelos cabelos e começa a dar murros em sua cara. A pessoa que está filmando corre bastante para acompanhar cada desdobramento.

A vítima tenta, sem sucesso, se defender e se soltar. Mas são muitas a apoiar o ato de selvageria. Ela recebe chutes e empurrões.

Várias garotas xingam a vítima de vagabunda. “Apanha vagabunda!” grita uma delas em tom mais exaltado.

O ato foi claramente planejado, já que o objetivo era humilhar a adolescente cortando seus cabelos. Cabelos são uma das partes mais preciosas para as meninas que estão na fase da adolescência. Daí o motivo de em muitas cenas de violência culminarem com o corte ou a raspagem das madeixas.

“Segura ela, pega a tesoura, pega a tesoura”, ouve-se no vídeo.

A principal agressora tem trabalho, mas consegue cortar alguns pedaços do cabelo da adversária.


Fontes:


Comentários

Envie seu comentário sobre essa notícia.



© 2017, News 365 todos os direitos reservados.