URGENTE! Traficante Rogério 157 é preso no Rio de Janeiro

Por: Bruno Tomé Escritor da News365
Rogério 157 responde por, pelo menos, 10 acusações, incluindo homicídios e tráfico de drogas

Polícia 06Dezembro2017 9 h 08min

Forças de segurança do estado carioca faziam operação na Zona Norte quando conseguiram capturar o criminoso

Rogério 157 responde por, pelo menos, 10 acusações, incluindo homicídios e tráfico de drogas
Rogério 157 responde por, pelo menos, 10 acusações, incluindo homicídios e tráfico de drogas

URGENTE! Traficante Rogério 157 é preso no Rio de Janeiro

Forças de segurança do estado carioca faziam operação na Zona Norte quando conseguiram capturar o criminoso

Polícia 06Dezembro2017 9 h 08min

Um dos bandidos mais procurados do Rio de Janeiro, e consequentemente do Brasil, Rogério Avelino da Silva, conhecido como Rogério 157, foi preso na manhã desta quarta-feira (6) na Zona Norte da capital carioca. As forças de segurança da capital carioca realizavam operações em comunidades na região quando capturaram o bandido na Favela do Arará, em Benfica. Imediatamente, Rogério foi levado para a Cidade da Polícia. 

O traficante é procurado por diversos crimes, mas o grande motivo por ter se tornado um dos grandes alvos das autoridades cariocas é que o criminoso foi um dos responsáveis pela guerra da Rocinha, que começou ainda na metade de setembro. Moradores da comunidade tiveram que presenciar um verdadeiro combate entre 60 bandidos, que haviam iniciado um confronto para tentar expulsar o traficante Nem, comandante da favela na época, que hoje está preso em Porto Velho. 

A guerra iniciada por Rogério 157 na Rocinha só trouxe problemas para a capital carioca. Desde o dia 18 de setembro, forçal;as de segurança, como o próprio exército, se revezam para tentar controlar a situação na comunidade. Um exemplo de que a tensão no local não deve parar nem com a prisão do traficante é de que ainda no final de outubro, uma turista espanhola foi morta com balas perdidas, que teriam sido atiradas pela Polícia Militar em confronto contra os traficantes. 

Toda a guerra na Rocinha teria começado com o desentendimento de Nem, um dos líderes do Amigos dos Amigos (ADA), com Rogério 157. O confronto não acabou bem para nenhum dos dois, ainda mais que o traficante preso nesta quarta teve que fugir da comunidade para não ser pego pelos aliados de Nem e nem pela polícia. As últimas informações dão conta de que o criminoso teria se juntado ao Comando Vermelho (CV). 

Para tentar preso o traficante, o governo do Rio de Janeiro havia oferecido R$ 50 mil para qualquer pessoa que fizesse uma denúncia correta do paradeiro do criminoso. Ainda em setembro, helicópteros lançaram panfletos com as instruções de como dar a informação em segurança. Rogério 157 tem 10 mandatos de prisão, que incluem crimes como homicídios, tráfico de drogas e assalto à mão armada.

Um dos bandidos mais procurados do Rio de Janeiro, e consequentemente do Brasil, Rogério Avelino da Silva, conhecido como Rogério 157, foi preso na manhã desta quarta-feira (6) na Zona Norte da capital carioca. As forças de segurança da capital carioca realizavam operações em comunidades na região quando capturaram o bandido na Favela do Arará, em Benfica. Imediatamente, Rogério foi levado para a Cidade da Polícia. 

O traficante é procurado por diversos crimes, mas o grande motivo por ter se tornado um dos grandes alvos das autoridades cariocas é que o criminoso foi um dos responsáveis pela guerra da Rocinha, que começou ainda na metade de setembro. Moradores da comunidade tiveram que presenciar um verdadeiro combate entre 60 bandidos, que haviam iniciado um confronto para tentar expulsar o traficante Nem, comandante da favela na época, que hoje está preso em Porto Velho. 

A guerra iniciada por Rogério 157 na Rocinha só trouxe problemas para a capital carioca. Desde o dia 18 de setembro, forças de segurança, como o próprio exército, se revezam para tentar controlar a situação na comunidade. Um exemplo de que a tensão no local não deve parar nem com a prisão do traficante é de que ainda no final de outubro, uma turista espanhola foi morta com balas perdidas, que teriam sido atiradas pela Polícia Militar em confronto contra os traficantes. 


Fontes:




© 2017, News 365 todos os direitos reservados.