Moacyr Franco revela quanto ganhava no SBT e afirma que salário era baixo

Por: Bruno Tomé Escritor da News365
Moacyr Franco afirmou que salário é insignificante e ironizou que valor não deve salvar economia do SBT

TV & Famosos 23Novembro2017 14 h 51min

Humorista e ator ainda revelou que havia aceitado reduzir o salário há cinco anos

Moacyr Franco afirmou que salário é insignificante e ironizou que valor não deve salvar economia do SBT
Moacyr Franco afirmou que salário é insignificante e ironizou que valor não deve salvar economia do SBT

Moacyr Franco revela quanto ganhava no SBT e afirma que salário era baixo

Humorista e ator ainda revelou que havia aceitado reduzir o salário há cinco anos

TV & Famosos 23Novembro2017 14 h 51min

O SBT está fazendo a limpa com o discurso de que precisa cortar gastos para sobreviver. Os demitidos, no entanto, discordam da afirmação e acreditam que as demissões estão acontecendo por outras razões. O primeiro a sair foi o humorista Carlinhos Aguiar, que estava há 30 anos na emissora de Sílvio Santos - o famoso afirmou que foi mandado embora por fofocas da ex-colega Mara Maravilha. Agora, o ator e humorista Moacyr Franco deixou a casa, depois de estar 20 anos no ar. Para os fãs, o artista fará falta em programas como "A Praça é Nossa". 

Moacyr Franco, no entanto, não quis deixar passar despercebida a sua demissão e no seu próprio canal no Youtube, contou tudo que o público queria saber, inclusive quanto era o seu salário. Primeiro, o humorista contou que há cinco "ou seis anos" havia tido uma redução de 30% no salário. O ator havia concordado, afinal, estava vestindo a camisa do SBT. Na demissão, o famoso contou que a desculpa foi o corte de gastos, mas que ele n&atiatilde;o vê dessa maneira, afinal, o salário dele seria "insignificante". Franco ganhava R$ 40 mil mensais. O humorista chegou a ironizar a situação, afirmando que se os 40 mil que ele ganhava irão salvar a emissora, ele sai com muito bom gosto para ajudar os colegas. 

Mesmo com a brincadeira, que alguns consideraram como alfinetada, Moacyr Franco garante que não tem nada contra o SBT e que volta ao canal quando Sílvio Santos quiser. O ator disse que tem alguns projetos que já escreveu e que continua mandando projetos, torcendo que algum seja aprovado pela emissora. Franco revelou que já tem duas séries que poderiam ser usadas pela emissora, que tratam de política. Uma tem o nome de "Cracolândia e Crapulância" e a outra de "República Federativa dos Bandidos".  

No vídeo, o famoso aproveitou o espaço para comentar sobre a sua trajetória no SBT. O principal foco foi no programa "A Praça é Nossa", que o humorista revelou que seria apenas um programa de alguns meses, para preencher a grade de programação. Porém, deu tão certo que está no ar até hoje. 

O SBT está fazendo a limpa com o discurso de que precisa cortar gastos para sobreviver. Os demitidos, no entanto, discordam da afirmação e acreditam que as demissões estão acontecendo por outras razões. O primeiro a sair foi o humorista Carlinhos Aguiar, que estava há 30 anos na emissora de Sílvio Santos - o famoso afirmou que foi mandado embora por fofocas da ex-colega Mara Maravilha. Agora, o ator e humorista Moacyr Franco deixou a casa, depois de estar 20 anos no ar. Para os fãs, o artista fará falta em programas como "A Praça é Nossa". 

Moacyr Franco, no entanto, não quis deixar passar despercebida a sua demissão e no seu próprio canal no Youtube, contou tudo que o público queria saber, inclusive quanto era o seu salário. Primeiro, o humorista contou que há cinco "ou seis anos" havia tido uma redução de 30% no salário. O ator havia concordado, afinal, estava vestindo a camisa do SBT. Na demissão, o famoso contou que a desculpa foi o corte de gastos, mas que ele não vê dessa maneira, afinal, o salário dele seria "insignificante". Franco ganhava R$ 40 mil mensais. O humorista chegou a ironizar a situação, afirmando que se os 40 mil que ele ganhava irão salvar a emissora, ele sai com muito bom gosto para ajudar os colegas. 

Mesmo com a brincadeira, que alguns consideraram como alfinetada, Moacyr Franco garante que não tem nada contra o SBT e que volta ao canal quando Sílvio Santos quiser. O ator disse que tem alguns projetos que já escreveu e que continua mandando projetos, torcendo que algum seja aprovado pela emissora. Franco revelou que já tem duas séries que poderiam ser usadas pela emissora, que tratam de política. Uma tem o nome de "Cracolândia e Crapulância" e a outra de "República Federativa dos Bandidos".  


Fontes:




© 2017, News 365 todos os direitos reservados.