VÍDEO: homem estupra criança de 5 anos dentro de igreja

Por: Bruno Tomé Escritor da News365
Família da vítima conhecia o acusado ainda de uma antiga vizinhança
Polícia 12Novembro2017 13 h 12min

Homem, que não foi identificado, tentou fugir, mas foi encontrado e espancado por populares

Família da vítima conhecia o acusado ainda de uma antiga vizinhança
Família da vítima conhecia o acusado ainda de uma antiga vizinhança

VÍDEO: homem estupra criança de 5 anos dentro de igreja

Homem, que não foi identificado, tentou fugir, mas foi encontrado e espancado por populares

Polícia 12Novembro2017 13 h 12min

Um homem, que não pôde ser identificado pela imprensa, foi espancado pela população de Cuiabá e depois preso por ter abusado sexualmente de uma criança de cinco anos dentro do banheiro de uma Igreja Evangélica localizada no bairro Novo Milênio da capital do Mato Grosso. O crime aconteceu ainda na noite de terça-feira (7). Quando foi pego em flagrante, o suspeito fugiu. No entanto, populares o encontraram no bairro Goiabeiras, onde decidiram fazer justiça com as próprias mãso até a polícia chegar no local. 

Conforme informações da própria mãe, a criança ficou brincando no lado externo da igreja com amigos enquanto os adultos participavam das atividades do culto. Quando a missa terminou, a mãe e familiares começaram a procurar a menina, que foi encontrada trancada no banheiro do local com o pedófilo. A mulher ainda conta que encarou o criminoso, pedindo o que ele estava fazendo e onde estava a criança. O homem tentou mentir, afirmando que a menina estava em frente àve; igreja. No entanto, a mãe chamou pelo nome da criança, que a respondeu e saiu do mesmo recinto em que o suspeito estava. 

Em casa, a criança começou a contar o que o estuprador havia feito com ela. O mesmo depoimento foi repassado à polícia. As autoridades informaram que o homem obrigou a menina a passar as mãos nas partes íntimas dele e ainda teria feito outros pedidos para a criança. Mais revelações foram feitas para a psicológa da Polícia Civil, que não as repassou para a imprensa. O criminoso foi indiciado por estupro de vulnerável e lesão corporal. 

Em entrevista à TV Record de Cuiabá, a mãe ainda revelou que a família conhecia o homem que abusou da criança. Os pais tinham contato com o criminoso ainda na antiga residência. A mulher relatou que o marido havia notado algo estranho no estuprador e pediu para que ela ficasse de olhos abertos. Quando foi preso, a polícia ainda descobriu que o suspeito já tinha 10 registros criminosos. As autoridades seguem investigando o acusado, já que existe a suspeita de existam outras vítimas. 

Um homem, que não pôde ser identificado pela imprensa, foi espancado pela população de Cuiabá e depois preso por ter abusado sexualmente de uma criança de cinco anos dentro do banheiro de uma Igreja Evangélica localizada no bairro Novo Milênio da capital do Mato Grosso. O crime aconteceu ainda na noite de terça-feira (7). Quando foi pego em flagrante, o suspeito fugiu. No entanto, populares o encontraram no bairro Goiabeiras, onde decidiram fazer justiça com as próprias mãso até a polícia chegar no local. 

Conforme informações da própria mãe, a criança ficou brincando no lado externo da igreja com amigos enquanto os adultos participavam das atividades do culto. Quando a missa terminou, a mãe e familiares começaram a procurar a menina, que foi encontrada trancada no banheiro do local com o pedófilo. A mulher ainda conta que encarou o criminoso, pedindo o que ele estava fazendo e onde estava a criança. O homem tentou mentir, afirmando que a menina estava em frente à igreja. No entanto, a mãe chamou pelo nome da criança, que a respondeu e saiu do mesmo recinto em que o suspeito estava. 

Em casa, a criança começou a contar o que o estuprador havia feito com ela. O mesmo depoimento foi repassado à polícia. As autoridades informaram que o homem obrigou a menina a passar as mãos nas partes íntimas dele e ainda teria feito outros pedidos para a criança. Mais revelações foram feitas para a psicológa da Polícia Civil, que não as repassou para a imprensa. O criminoso foi indiciado por estupro de vulnerável e lesão corporal. 


Fontes:




© 2017, News 365 todos os direitos reservados.